Altos e baixos – com elenco na sua maioria Sub-19, Flamengo se despede da LDB dessa temporada

Diferente de edições anteriores da LDB, o Flamengo optou nessa temporada de colocar em quadra um elenco na sua maioria da categoria Sub-19 para defender o clube em uma competição nacional que é Sub-22. O nome mais experiente do plantel seria do ala-pivô Rafael Rachel. O time teve uma boa participação no torneio, mas as oscilações em dois jogos na fase de classificação acabaram custando a classificação para a fase final.

O Garrafão Rubro-Negro faz uma análise do que foi o desempenho do Flamengo na segunda fase da LDB em São Paulo e algumas conclusões finais da campanha do time nessa competição.

Fase em São Paulo

Unifacisa 47 x 99 Flamengo

O Flamengo iniciou a segunda fase da LDB com uma boa atuação coletiva e conseguiu impor seu volume de jogo ofensivo através das jogadas de Matheus Leoni e Rafael Rachel. Com o resultado positivo, o rubro-negro se manteve entre os classificados para a fase final da competição Sub-22.

São José 78 x 50 Flamengo

Esse jogo acabou tendo um sabor pra lá de amargo para o time rubro-negro. Tentando se manter próximo do placar durante todo o primeiro tempo, o Flamengo não viu praticamente a cor da bola no segundo tempo e não soube ter aproveitamento ofensivo em quadra para buscar uma reação e o resultado positivo. Esse revés deixou o grupo todo embolado e passou a complicar a classificação do Flamengo para a próxima fase.

Flamengo 84 x 64 Pato Basquete

Muito dominante no primeiro quarto, o Flamengo venceu a parcial por uma diferença de 25 pontos e não deu chances de reação para a equipe paranaense dentro da partida. O time rubro-negro só ficou administrando a excelente vantagem e terminou o jogo com uma vitória tranquila. Rafael Rachel e Esteban Caffaro foram os destaques do time.  O resultado positivo deixou o time firme na briga pela vaga para a fase final e com a necessidade de vencer o Pinheiros na rodada seguinte, um dos times invictos no torneio.

Flamengo 68 x 63 Pinheiros

A personalidade de dar uma resposta imediata na competição diante de um time que não perdia desde 2018 na competição, ou seja, 51 jogos. O Flamengo soube ter essa postura diante do Pinheiros e teve eficiência ofensiva para saber fechar o jogo na casa do adversário e tendo um resultado histórico na edição do torneio dessa temporada. Rafael Rachel e Emanuel foram os destaques do time rubro-negro nesse confronto.

Mogi 65 x 84 Flamengo

Uma partida que o Flamengo soube controlar o placar com um bom aproveitamento ofensivo e equilíbrio defensivo. O time rubro-negro conseguiu construir uma grande vantagem na parcial tanto do primeiro e do último quarto. Matheus Leoni foi o principal destaque da vitória rubro-negra. Com o resultado, o Flamengo só dependia de si e uma vitória diante do São Paulo na última rodada para avançar a fase final.

São Paulo 68 x 65 Flamengo

O Flamengo começou o jogo sofrendo com o volume de três pontos do São Paulo em quadra, o time rubro-negro não conseguia anular o volume que o time tricolor conseguiu colocar em quadra. E isso fez com que a equipe rubro-negra fosse para o vestiário com a desvantagem de 12 pontos no placar. O São Paulo chegou a abrir 20 pontos de vantagem durante o terceiro quarto. O Flamengo conseguiu uma excelente reação no último quarto, reduzindo a desvantagem para 3 pontos, mas não conseguiu empatar ou virar o jogo no minuto final. O resultado eliminou a equipe da competição ainda na fase de classificação.

Os resultados que custaram a classificação para a fase final da LDB

A derrota para o Praia Clube na primeira fase por 63 a 58 e a derrota para o São Paulo por 68 a 65 acabaram tendo peso crucial na definição da não ida do Flamengo para a fase decisiva do torneio. Se tivesse vencido um desses jogos, o time teria assegurado seu passaporte e buscaria o tricampeonato do torneio Sub-22.

A aposta alta em dar rodagem a sua equipe Sub-19 e não ter nomes mais com idade da categoria do torneio em si

O Flamengo encerrou sua participação na LDB com 7 vitórias e 3 derrotas. E ficou a sensação que o time mesmo sub-19 caso tivesse pelo menos mais um ou dois nomes com idades próximas a da categoria do torneio poderia ter tido um aproveitamento ainda maior. Rafael Rachel foi o puxador de pontos do time em toda a campanha e alguns outros nomes jovens se destacaram junto com ele como Matheus Leoni e Emanuel Fernandes.

Mas em jogos pesados e equilibrados, um nome com mais experiencia em participações dentro da própria LDB poderia ter dado um suporte maior ao time e a possibilidade de um outro desfecho em jogos na qual o time saiu derrotado. Foi uma aposta, a vaga para a fase decisiva não veio e fica o aprendizado da escolha que foi feita pela diretoria.

Flamengo com um animo elevado para a disputa do Brasileiro Sub-19 em breve

A sensação de boa parte do elenco é que ele saiu fortalecido da LDB para a disputa da fase final do Campeonato Brasileiro Sub-19 que será realizado no ginásio do Tijuca no começo de setembro. E a expectativa do Flamengo é conseguir fazer uma boa campanha atuando no Rio de Janeiro e ficar entre os 3 primeiros colocados da competição. No papel, o time desponta como um dos favoritos ao título.

O Garrafão Rubro-negro precisa da sua assinatura para continuarmos a nossa cobertura do orgulho da nação. Faça sua assinatura a partir de 10 reais por mês. Conteúdos exclusivos e sorteio de camisas oficiais, casuais e par de ingressos durante a temporada.
Apoia-se – apoia.se/garrafaorn
Pic Pay – @GarrafaoRN

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.