Foco total no NBB – Flamengo visita o Bauru em busca da sua vigésima quinta vitória no torneio

A temporada do orgulho da nação até o momento contou com resultados inesperados e que frustraram sua torcida como a eliminação da Copa Super 8 e da Champions League Américas para o mesmo adversário, o Minas. O Flamengo, atual campeão mundial, volta as suas atenções totais agora para buscar defender o título do NBB e mostrar que pode ser sim uma equipe ainda competitiva em quadra mesmo com a ausência do norte-americano Brandon Robinson que foi afastado do elenco por questões disciplinares.

O Garrafão Rubro-Negro destaca algumas curiosidades do Bauru, adversário do basquete do Flamengo na quinta-feira, no interior paulista, e como se desenha o orgulho da nação em quadra para a reta final do NBB

Bauru – atualmente o quinto colocado do NBB com 20 vitórias e 10 derrotas

A equipe bauruense vem se demonstrado uma equipe bem competitiva quando atua mais em seu território como o ginásio Panela de Pressão do que quando atua fora de casa. E muita dessa regularidade bauruense em seus domínios se deve a eficiência do trio formado por Larry Taylor, Gabriel Jaú e Rafael Hettsheimeir.

A se destacar também a boa contribuição do norte-americano Brite e do argentino Enzo Ruiz na rotação ofensiva bauruense e ajudaram na construção de resultados importantes na campanha do time na competição. Tem que ser reconhecido novamente o ótimo trabalho do treinador Guerrinha que com uma rotação curta do seu elenco, tem conseguido equilibrar e vencer jogos contra equipes de maior orçamento dentro do NBB.

Desfalques – o Bauru no duelo contra o Flamengo pode ter a ausência do argentino Enzo Ruiz com lesão muscular e sendo preservado já para o playoff que começa na próxima semana para a equipe paulista. Gabriel Jaú será julgado hoje pelo STJD e caso seja punido também não deverá atuar contra o Flamengo.

Destaques individuais do Bauru – média

Pontos – Rafael Hettsheimeir com 15,1 pontos por jogo

Rebotes – Gabriel Jaú com 7,1 rebotes por jogo

Assistências – Alex Garcia com 5,7 assistências por jogo

Flamengo e o desafio de potencializar o rendimento do elenco com as peças disponíveis

O que o Flamengo fez no Egito, ninguém apaga e já entrou na história. Mas todo clube grande e com a pressão enorme pelos resultados positivos, o elenco chega nessa reta final com uma das suas maiores pressões que já se viu nos últimos anos. O fato de ser o campeão de tudo recentemente, gerou essa expectativa, e quando o resultado não ocorre é mais do que natural ter e existir cobranças.

A expectativa é ver em quadra como o elenco do Flamengo sentiu a derrota para o Minas e o afastamento do norte-americano Brandon Robinson da equipe. Como um resultado negativo, pode ter ajudado o grupo a se fechar internamente, visando um crescimento coletivo em quadra para buscar o objetivo que resta nessa temporada que é voltar a final do NBB e buscar novamente o título da competição.

Resta aguardar e olhar como será o desempenho dos jogadores estrangeiros na rotação rubro-negra nesse jogo contra o Bauru. Dar Tucker e Luke Martinez com um bom aproveitamento ofensivo, o time já se mostrará mais competitivo e com chances reais de sair de Bauru com uma vitória importante para dar confiança nessa retomada do NBB.

O Garrafão Rubro-negro precisa da sua assinatura para continuarmos a nossa cobertura do orgulho da nação. Faça sua assinatura a partir de 10 reais por mês. Conteúdos exclusivos e sorteio de camisas oficiais, casuais e par de ingressos durante a temporada.
Apoia-se – apoia.se/garrafaorn
Pic Pay – @GarrafaoRN

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.