Defesa ganha jogo – Flamengo ganha do Instituto com tocão de Rafael Mineiro e segue invicto na Champions League Américas

O retrospecto recente de Flamengo e Instituto de Córdoba sempre proporcionou confrontos equilibrados e com o vencedor sendo decidido no último quarto. Pela segundada rodada da Champions League Américas, o cenário se repetiu. O time argentino fez um excelente primeiro tempo, reduziu o volume ofensivo do Flamengo em quadra. A equipe rubro-negra passou a se comunicar mais na volta do intervalo e essa mudança de postura foi fundamental para uma vitória dramática por 78 a 77 com direito a toco de Rafael Mineiro nos segundos finais.

1 quarto – Flamengo 13 x 24 Instituto –  o time rubro-negro começou o jogo com um bom aproveitamento nos arremessos de três pontos de Olivinha e Rafael Hettsheimeir. Mas viu o time argentino responder na mesma moeda com Santiago Scala e Martin Cuello. A defesa do Flamengo oscilou muito na marcação dentro do garrafão e isso acabou pesando no placar durante o quarto e o arremesso de três de Chiarini.

2 quarto – Flamengo 24 x 25 Instituto – o Flamengo voltou para o segundo quarto tendo um aproveitamento melhor do seu ataque com Luke Martinez e Chuzito Gonzalez, mas voltou a mostrar uma falta de intensidade defensiva em quadra. O Instituto de Córdoba se sentiu confortável em quadra e continuava pontuando dentro do garrafão rubro-negro. O arremesso de três de Martin Cuello ajudou o time argentino a ampliar sua liderança no final do primeiro tempo.

3 quarto – Flamengo 27 x 18 Instituto – a intensidade de defesa do Flamengo no NBB pode ser vista em alguns momentos do terceiro quarto contra o time argentino. Vibrante e mais comunicativo, a equipe rubro-negra contou com a regularidade de Chuzito Gonzalez e Luke Martinez para buscar a reação no placar. A se destacar a boa presença de Léo Demétrio nos dois lados da quadra.  Nestor Colmenares foi o jogador mais regular do Instituto que foi para o último quarto com a liderança de três pontos.

4 quarto – Flamengo 14 x 10 Instituto – as duas equipes amassaram o aro em boa parte do período. A ansiedade em buscar uma vitória importante na competição gerou precipitações e os três minutos finais foram marcados por chutes de três completamente forçados. Os lances livres de Olivinha colocaram o Flamengo a frente do placar e o tocão de Rafael Mineiro em cima de Santiago Scala nos segundos finais e confirmou uma importante vitória rubro-negra na Champions.

O Flamengo volta à quadra nessa terça quando enfrenta o Minas, às 17:40, na Arena Minas, em mais um jogo da Champions League Américas.

Destaques da vitória do Flamengo contra o Instituto de Córdoba

Chuzito Gonzalez – 13 pontos

Luke Martines – 12 pontos

Olivinha – 11 pontos

Marquinhos – 9 pontos

Franco Balbi – 8 pontos

Assine o GARRAFÃO RUBRO-NEGRO, a partir de 10 reais no Pic Pay ou no Apoia-se (https://apoia.se/garrafaorn). Receba conteúdos exclusivos sobre o basquete do Flamengo e concorra a uma camisa oficial e casual no final de cada temporada. Esse trabalho jornalístico independente que nasceu em 2011 conta com você, se torne assinante!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.