Na espera da FIBA – Flamengo, Quimsa e San Lorenzo apresentam planejamento distintos nesse momento

A FIBA observa com cautela a volta do basquete em alto rendimento pelo mundo – a se destacar a Liga Alemã de Basquete e o retorno da Liga ACB na próxima semana. E a volta desses torneios só foi possível graças a execução de protocolos de saúde buscando dar uma segurança a todos os envolvidos na modalidade nesse momento ainda de pandemia da Covid-19. E se tratando de competição nas Américas, a FIBA observa a cada semana os números do coronavírus na Argentina e no Brasil visando a conclusão da Champions League Américas.

Em entrevista ao site argentino Uno a Uno, Horácio Muratore, presidente honorário da FIBA, falou do otimismo de realizar a terceira partida da semifinal entre Quimsa e San Lorenzo em setembro e a vontade de concluir a final da competição também no mesmo mês. O dirigente destacou que a grande dúvida no momento será como será o deslocamento das equipes no Brasil e na Argentina.

Caso não tenha mais restrições de viagens dos governos federais em razão da Covid-19 esse é um fator que deverá ser facilmente superado.

A FIBA recentemente soltou um protocolo completo para o retorno do basquete e deixou a cargo das federações e ligas adaptarem as medidas sempre visando dar maior segurança a todos e destacou a importância da testagem – seja pelos exames PCR e de sorologia.

Volta da La Liga divide opiniões na Argentina e retorno dos estrangeiros é um grande impasse

Quimsa e San Lorenzo, principais candidatos ao título da Argentina, vivem a expectativa pela conclusão da Liga Argentina dessa temporada que poderá ocorrer entre julho e agosto. Mas o aumento de casos de coronavírus em Buenos Aires ligou o alerta entre jogadores e técnicos que passaram a pensar se seria o momento de voltar com a modalidade em breve ou realizar o cancelamento dessa temporada.

E um outro grande problema é que no momento está proibida a entrada de estrangeiros em solo argentino. E isso cai com uma verdadeira bomba quando falamos no planejamento nas equipes remanescentes e poderia resultar num impacto técnico nos jogos dentro de quadra caso esses times não possam contar com nomes como Brandon Robinson, Ismael Romero e Esteban Batista.

E o uruguaio Esteban Batista em entrevista ao site Uno a Uno afirmou que seu contrato com o San Lorenzo irá até esse mês, mas ressaltou sua confiança na diretoria do clube argentino caso seja necessário fazer uma ampliação visando a conclusão da temporada.

O certo é que tanto San Lorenzo e Quimsa deverão ter mudanças no seus elencos para a finalização da Champions League Américas no segundo semestre.

Argentina e Brasil com protocolos diferentes no que se diz respeito a presença de público nos eventos esportivos

O governo da Argentina prevê o retorno das modalidades esportivas quando se tiver a certeza de um platô na curva de casos e isso poderá ocorrer em breve, no mês de julho. A Argentina é vista pelos órgãos internacionais como um dos melhores países na América Latina no combate ao Covid-19. E o retorno dos eventos esportivos ocorreriam sem a presença de público, que só retornaria com a descoberta de um medicamento ou vacina.

O governo do Estado do Rio de Janeiro no protocolo de reabertura da economia destaca que fase 3 será permitido a volta de 50 % do público nos eventos esportivos no Estado. O Estado vem buscando a abertura gradual da economia a cada semana, mas isso tudo poderá ser modificado caso ocorra uma segunda onda da Covid-19.

Em reunião no próximo dia 30, a FIBA deverá bater o martelo sobre a data de conclusão da Champions League Américas e se teremos a possibilidade de contar com uma pequena quantidade de torcedores dentro dos ginásios ou não. E também será discutido se a decisão será em melhor de 3 jogos ou jogo único. De qualquer maneira, o Flamengo terá a vantagem no mando na grande final.

Flamengo já começa seu planejamento para a próxima temporada e mostra otimismo com patrocinadores

Clube que sempre busca a glória da conquista tem sempre que se antecipar quando o assunto é planejamento visando mapear o mercado de jogadores e a manutenção das peças chaves da temporada anterior. E isso é a tônica que já vem sendo realizada nos bastidores do basquete do Flamengo no momento.  A diretoria trabalha para contar com a permanência de boa parte do elenco que defendeu o time em quadra na temporada passada – tendo como alvos iniciais os jogadores Franco Balbi, Marquinhos e Olivinha.

Permanência do técnico Gustavo de Conti é uma das prioridades. ( Paula Reis / Flamengo)

Existe um otimismo interno pela continuidade dos patrocínios da Tim e da BRB na próxima temporada.

Em relação ao combate ao Covid-19, o Flamengo já demonstrou na América Latina que tem o expertise nesse assunto quando se trata dos protocolos de saúde, avaliado como padrão europeu, que vem sendo executados no clube, principalmente no retorno do futebol. E quando o basquete retornar as quadras, essa experiência feita no futebol será fundamental para dar uma segurança maior aos jogadores que jogaram sua última partida no início de março.

No futebol, o clube rubro-negro vem realizando exames de PCR e sorologia semanalmente em todos os atletas e demais envolvidos na modalidade.

Em breve, o Garrafão Rubro-Negro voltará com a campanha de financiamento coletivo para dar continuidade a sua cobertura jornalística independente. Contamos com o apoio de todos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.