Memórias GRN – Flamengo fatura o tricampeonato do NBB numa final eletrizante contra o Paulistano

A história do basquete rubro-negro tem como ponto forte as grandes decisões dos campeonatos brasileiros sejam eles organizados pela CBB e pela LNB.  E a final do NBB 6 entre Flamengo e Paulistano ficou na lembrança de muitos torcedores e jogadores que estiveram presentes nessa decisão em jogo único na Arena da Barra. O blog Garrafão Rubro-Negro faz uma releitura especial dessa final que contou com o time do Flamengo comandado pelo técnico José Neto e a equipe aguerrida do Paulistano treinada por Gustavo De Conti.

Festa de comemoração do título contou com homenagem da torcida ao ala Marquinhos, aniversariante do dia

Releitura da final do NBB 7 – Flamengo 78 x 73 Paulistano

O inicio da decisão foi marcada pela ansiedade das duas equipes, mas logo o Flamengo encontrou seu equilíbrio ofensivo com as jogadas de Olivinha e Jerome Meyinsse e conseguiu abrir a parcial de 15 a 4 no placar. O Paulistano tentou esboçar uma reação no placar com os pontos de Holloway, mas a regularidade de Laprovittola ajudou o time rubro-negro a terminar o primeiro quarto na liderança – 22 a 17.

Com uma melhor intensidade coletiva no segundo quarto, o Paulistano conseguiu se impor em quadra com os pontos de Dawkins e Cesar e virou o placar 27 a 25. Mas logo em seguida, Marcelinho Machado levou a loucura os mais de 15 mil presentes quando converteu uma cesta de três pontos e ainda sofreu a falta de Pilar. O jogo ficou ainda mais equilibrado e o Paulistano conseguiu ficar na frente do marcador no final do primeiro tempo – 38 a 40.

O terceiro quarto contou com três pontos de Marquinhos, o aniversariante do dia, nos minutos iniciais e ajudou o Flamengo a ficar próximo do placar. O Flamengo soube melhorar seu aproveitamento ofensivo no quarto com as jogadas de Cristiano Felicio e Meyinsse. E a bola de três de Felicio acabou ajudando o time rubro-negro a ir para o quarto decisivo com a vantagem no marcador – 60 a 57.

O Paulistano começou o quarto decisivo errando no seu ataque com Dawkins e o Flamengo contou com a entrada boa de Vitor Benite para abrir 5 pontos de diferença no placar. Mas a equipe paulista mostrou raça e conseguiu novamente equilibrar o jogo com os arremessos de André e Holloway. Faltando menos de dois minutos para acabar o jogo, o placar se mostrava empatado – 73 a 73.  O jogo acabou sendo decidido em quem errava menos. O Flamengo contou com a frieza de Laprovittola e Marcelinho nos lances livres e o rebote defensivo de Shilton para assegurar mais um título do NBB.

Flamengo: Laprovittola (11), Marquinhos (12), Marcelinho (16), Olivinha (9) e Meyinsse (16). Depois: Shilton, Gegê, Washam, Felício (6) e Benite (8). Técnico: José Neto.

Marquinhos, aniversariante do dia, foi um dos destaques do Flamengo na decisão contra o Paulistano. (Ricardo Ramos)


Paulistano: Dawkins (14), Holloway (15), Pilar (7), Renato (8) e Mineiro (5). Depois: Gemerson (2), Pedro (2), César (12), Labbate (4) e André (4). Técnico: Gustavo De Conti.

Vídeo com os melhores momentos da decisão entre Flamengo e Paulistano

Meyinsse foi eleito o MVP da decisão do NBB vencida pelo time rubro-negro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.