Na expectativa – Flamengo aguarda Quimsa ou San Lorenzo na final da Champions League Américas

O mundo vive dias de alerta e combate a pandemia do coronavíus. E isso também tem um impacto direto no esporte. Várias competições estão adiadas ou canceladas. O Flamengo foi o primeiro time a se classificar para a final da Champions League Américas e a outra semifinal argentina entre Quimsa e San Lorenzo não teve seu término ainda. O blog Garrafão Rubro-Negro detalha as qualidades desses dois times nessa temporada, ou seja, o que o Flamengo poderá enfrentar quando a competição voltar e como esses clubes argentinos estão tratando a pandemia do coronavírus.

Quimsa – líder da Liga Nacional Argentina e semifinalista da Champions League Américas

A tradicional equipe do Quimsa vive a expectativa de voltar a uma final de competição internacional e isso pode virar realidade quando a Champions League Américas voltar a acontecer. O time treinado por Sebastian Gonzalez é marcado por um excelente padrão tático e isso sendo fortalecido com uma boa regularidade do seu quinteto titular e reserva.

Na Liga Argentina, o Quimsa até o momento realizou 21 partidas pela competição – 18 vitórias e 3 derrotas. Lider isolado da competição.

Brandon Robinson sendo o principal nome do elenco do Quimsa na temporada

O norte-americano Brandon Robinson tem demonstrado que é uma peça importante demais no setor ofensivo desse time argentino. Na Liga Argentina, o jogador tem a média de 18,3 pontos e 2,7 assistências por jogo. Já na Champions League Américas, Brandon Robinson tem também excelentes números – 21,3 pontos e 4,4 assistências por jogo.

Nos dois primeiros jogos contra o San Lorenzo pela semifinal, Brandon Robinson foi protagonista na vitória do Quimsa dentro da casa do San Lorenzo com 25 pontos, sendo boa parte deles na excelente reação do time durante o segundo tempo que foi determinante para a vitória na primeira partida da semifinal.

Brandon Robinson é o principal cestinha do Quimsa na temporada. (FIBA)

Números descriminados de Brandon Robinson na Champions League Américas

Juan Brussino e Ismael Romero – Regularidade importante na construção de um time competitivo do Quimsa

O armador argentino Juan Brussino e o pivô cubano Ismael Romero a cada jogo pelo Quimsa seja pela Liga Argentina e pela Champions League Américas tem sido marcados por uma boa regularidade – ela podendo ser constatada no aspecto ofensivo e defensivo. Juan Brussino com sua boa leitura de jogo, dando boas assistências e roubadas de bola. Já Ismael Romero é um jogador de ótimo vigor físico e muito difícil de ser anulado no jogo de 1  contra 1 no garrafão.

Na Liga Argentina, Juan Brussino tem a média de 10,6 pontos e 4,6 assistências por jogo. Ismael Romero com a média de 11,6 pontos e 6,8 rebotes por partida. Na Champions League Américas, Brussino tem a média 11,0 pontos e 3,7 por jogo. Ismael Romero tem 13,7 pontos e 5,0 rebotes por jogo.

A intensidade física de Ismael Romero em ação na Liga Argentina

San Lorenzo – Uma temporada irregular até o momento, mas um time com jogadores experientes que podem render em momentos decisivos

Uma temporada atípica. Assim pode ser descrita o panorama do San Lorenzo até o momento. O time optou pela troca de treinador durante a temporada na busca de ter um sistema de jogo ainda mais competitivo dentro de quadra. E isso ainda não gerou um grande impacto seja na Liga Argentina ou na Champions League Américas. O time tem oscilado na sua intensidade nos jogos, bem diferente do que foi visto em outras temporadas.

Na Champions League Américas, o San Lorenzo teve uma série dura contra Franca e conseguiu avançar para a semifinal em um jogo dramático e decidido nos segundos finais. Já na semifinal contra o Quimsa, o San Lorenzo perdeu a primeira partida atuando em casa, mas mostrou que com seus jogadores experientes são capazes de dar uma outra resposta em quadra e conseguiu devolver a derrota e venceu o Quimsa como visitante.

Dar Tucker – a principal estrela e protagonista do San Lorenzo em grandes partidas

Nas últimas temporadas, o San Lorenzo conquistou sua hegemonia dentro da Liga Argentina e nas Américas pelo ótimo padrão de jogo que conseguiu implantar em quadra e também graças a personalidade e intensidade do norte-americano Dar Tucker. E caso o San Lorenzo venha no futuro se confirmar como adversário do Flamengo, esse jogador dará muito trabalho ao sistema defensivo do time rubro-negro.

Na Liga Argentina dessa temporada, Dar Tucker tem a média de 22 pontos e 1,2 assistências por partida. Já na Champions League Américas, os números são de 13 pontos e 2 assistências por jogo.

A importância de Dar Tucker nas conquistas do San Lorenzo.

Marcos Mata – a liderança dentro do time do San Lorenzo que ajuda na orientação e motivação do elenco

Marcos Mata é um dos jogadores com mais experiência em atividade na Argentina e essa bagagem de muitas competições nacionais e internacionais tem ajudado demais o San Lorenzo em quadra. Não somente por acalmar, cadenciar os jogos quando existe uma necessidade para isso, mas também de orientar os mais jovens do elenco do time comandado pelo treinador Nestor Che Garcia.

Mata não ajuda somente com sua experiência, mas seus bons números também fortalecem a equipe a se manter competitiva em todas as competições. Na Liga Argentina, Marcos Mata tem a média de 9,6 pontos e 2,6 assistências. Na Champions League Américas, Mata tem 9,5 pontos e 2 assistências por jogo.

Melhores momentos do primeiro jogo da semifinal entre San Lorenzo e Quimsa pela Champions League Américas

Melhores momentos do segundo jogo da semifinal entre San Lorenzo e Quimsa pela Champions League Américas

Posicionamento do Quimsa e do San Lorenzo nesse momento da pandemia do coronavirus com Liga Nacional e Champions League Américas suspensas

Quimsa

Jogadores estrangeiros – Caso queiram, foram liberados a retornarem seus países de origem

San Lorenzo

Jogadores estrangeiros – Caso queiram, foram liberados a retornarem seus países de origem

Tabela da semifinal da Champions League Américas

Jogo 1 – San Lorenzo 84 x 91 Quimsa

Jogo 2 – Quimsa 87 x 100 San Lorenzo

Jogo 3 – Quimsa x San Lorenzo – sem data definida

O Flamengo terá o mando de quadra na final, espera a definição dessa semifinal e o retorno das competições organizadas pela FIBA após o controle da pandemia do coronavírus.

Seja assinante do Garrafão Rubro-Negro , ajude a manter o projeto, concorra a ingressos para os jogos do Flamengo no Rio de Janeiro e uma camisa oficial no final da temporada:

https://www.catarse.me/garrafao_rubro_negro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.