Emoção a flor da pele – Marquinhos fala da vitória histórica rubro-negra contra o Instituto

A história vitoriosa do Flamengo é formada por grandes jogadores e homens que dignificam a modalidade dentro de quadra. Marquinhos é um desses craques do time, ontem, no Maracanãzinho, não aguentou a emoção e foi as lágrimas com a reação épica rubro-negra diante do Instituto de Córdoba. O blog Garrafão Rubro-Negro conversou com o ala após a partida sobre como foi o jogo e o mérito da equipe de buscar o resultado em quadra.

Marquinhos descreve a emoção após o término da partida contra o Instituto

“Passa um filme de tudo aquilo que a gente coloca no treino e as nossas viagens.  Tivemos um primeiro tempo muito abaixo. Eu desde que cheguei ao Flamengo nunca tinha visto o time fazer 21 pontos somente no primeiro tempo. E fizemos um segundo tempo totalmente com a cara de Flamengo e totalmente com a cara do que é essa equipe. A gente treina muito essas situações adversas e com esse jogo conseguimos fazer história no Flamengo, isso não somente por ter chegado a final, mas tirar 20 pontos de desvantagem de um time que estava disputando com a gente essa vaga. É um feito histórico. E isso representa muito pra mim, a história que eu já tenho dentro do clube. Eu junto com o Olivinha, somos os únicos jogadores remanescentes daquela equipe que ganhou aquela final 6 anos atrás. E agora podemos voltar com um elenco totalmente novo. Feliz demais. Agora é comemorar e esperar o vencedor de Quimsa ou San Lorenzo para gente jogar essa tão sonhada final.

O apoio incondicional da torcida do Flamengo ao time em todo o jogo

“Nossa torcida é diferente. Espero que na final a gente faça valer esse mando de quadra e essa torcida lote o Maracanãzinho. A gente precisa muito da nossa torcida. E foi visível no jogo contra o Instituto, quando a gente começou a reagir, ela nos passou ainda mais confiança para a nossa equipe. A gente tirou adversidade, perna pesada, aquela desconfiança que tínhamos no primeiro tempo e sobressaímos no segundo tempo todinho.”

Entre Quimsa e San Lorenzo, qual seria o adversário que Marquinhos gostaria de enfrentar na final

“Eu sou um cara que acredito muito em sonhos, nessas coisas. Eu falei com a minha esposa no inicio dessa série que daria Flamengo e Quimsa. Eu acredito muito que teremos Flamengo e Quimsa nessa final.”

Seja assinante do Garrafão Rubro-Negro , ajude a manter o projeto, concorra a ingressos para os jogos do Flamengo no Rio de Janeiro e uma camisa oficial no final da temporada:

https://www.catarse.me/garrafao_rubro_negro