Em Córdoba, Instituto e Flamengo prometem um duelo tático na abertura da semifinal da Champions League

Chegou a hora! Instituto e Flamengo irão realizar amanhã a primeira partida da semifinal da Champions League Américas dessa temporada. O jogo será realizado em Córdoba, na Argentina, e promete ser marcado por variações táticas, ansiedade emocional e que poderá ser decidido pelo rendimento do banco de reservas de uma das equipes. O blog Garrafão Rubro-Negro detalha as principais curiosidades dessa partida e o “favoritismo” do Flamengo nessa série.

Franco Balbi, Marquinhos e Zach Graham podendo fazer a diferença com sua experiência em competições internacionais

Quando olhamos o retrospecto recentes de competições organizadas pela FIBA nos deparamos com o bom aproveitamento ofensivo desses três jogadores. Franco Balbi voltou a viver um excelente momento com a camisa do Flamengo em sua segunda temporada pelo clube. Já Marquinhos se comprova a cada jogo como o jogador mias regular do elenco rubro-negro, seja pelos pontos, assistências e liderança.

Marquinhos deverá ser um dos protagonistas do Flamengo nessa série. (FIBA)

Zach Graham começou a sua jornada pelo Flamengo de modo tímido e ainda precisando assimilar sua nova função tática em quadra. Em 2020, o jogo virou e Graham a cada partida mostra sua evolução e isso o credencia a ser um dos protagonistas do Flamengo nessa série.

Flamengo é o time que menos comete erros na Champions League Américas

O time rubro-negro é a única equipe invicta na competição internacional. E essa invencibilidade muito se deve ao bom desempenho coletivo do time como um todo. O Flamengo comete menos de 9 erros por partida até o momento na Champions League Américas. Nessa primeira partida da semifinal, a quantidade de erros poderá resultar no vencedor dessa partida e caso o Flamengo consiga manter esse bom aproveitamento, a equipe deverá voltar para o Rio de Janeiro com uma vitória.

A versatilidade do garrafão rubro-negro poderá quebrar o sistema defensivo do Instituto de Córdoba

O Flamengo nos últimos jogos do NBB mostrou que o quarteto formado por Eloy Vargas, Léo Demétrio, Olivinha e Rafael Mineiro podem ser importantes numa variação tática dentro do garrafão rubro-negro. Seja pelas infiltrações ou por sempre estarem bem posicionado para receberem os melhores passes dos armadores.

Além do garrafão, vale ressaltar o bom aproveitamento no perímetro de Léo Demétrio, Olivinha e Rafael Mineiro.

Martin Cuello e Nicolás Romano – a eficiência ofensiva á disposição do time argentino

Nas últimas partidas do Instituto de Córdoba, Martin Cuello e Nicolás Romano chamaram a responsabilidade e se destacaram pelo time argentino não somente na pontuação, mas também pela forma que ajudaram positivamente o jogo coletivo da equipe em quadra. E caberá ao Flamengo tentar diminuir o volume tático desses dois jogadores e limitar seus arremessos seja dentro da área pintada e do perímetro.

Martin Cuello deverá dar trabalho ao sistema defensivo do Flamengo.(FIBA)

Santiago Scala – o crescimento de rendimento do armador em jogos com esse apelo

O armador Santiago Scala é uma das peças mais importantes no sistema de jogo do Instituto. Seja na Liga Sul-Americana do ano passado e nessa atual edição da Champions League Américas, Scala sempre cresceu de rendimento em jogos com maior apelo, principalmente em fase decisiva. E o Flamengo precisará ficar atento e não buscar pagar muito o arremesso do perímetro desse jogador.

A torcida do instituto de Córdoba e o caldeirão dentro do ginásio Angel Sandrin

Jogar em Córdoba nunca será uma tarefa fácil, ainda mais pela acalorada torcida do Instituto que não para de apoiar em nenhum momento. E nesse momento aonde o time do Flamengo é favorito na série, o apoio da torcida argentina deverá ser ainda maior no ginásio. O time rubro-negro precisará manter uma excelente concentração e não deixar muito o ambiente externo desestabilizar o seu jogo ofensivo e defensivo em quadra.

O caldeirão da torcida do Instituto dentro do ginásio Angel Sandrin. (FIBA)

Como foi o duelo entre Instituto e Flamengo, na Argentina, na fase de classificação da Champions League Américas

Champions League Américas – fase semifinal

Amanhã – Instituto x Flamengo, às 22 horas, no ginásio Angel Sandrin, em Córdoba, na Argentina.

Transmissão do DAZN

Escalação provável do Instituto

Gaston Whelan, Santiago Scala, Martin Cuello, Nicolás Romano e Sam Clancy

Técnico: Sebastian Ginobili

Escalação provável do Flamengo

Franco Balbi, Zach Graham, Marquinhos, Olivinha e Eloy Vargas

Técnico: Gustavo De Conti

Seja assinante do Garrafão Rubro-Negro , ajude a manter o projeto, concorra a ingressos para os jogos do Flamengo no Rio de Janeiro e uma camisa oficial no final da temporada:

https://www.catarse.me/garrafao_rubro_negro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.