Gustavo De Conti analisa a vitória contra o Pinheiros e o foco do time rubro-negro na Champions League Américas

Uma das atuações mais maduras coletivamente e tecnicamente levou o Flamengo a mais uma vitória nessa temporada do NBB. O período sem jogos acabou se confirmando importante para a equipe ganhar ainda mais entrosamento em quadra. O blog Garrafão Rubro-Negro conversou com o técnico Gustavo De Conti sobre o resultado positivo contra o Pinheiros e o foco do Flamengo na fase semifinal da Champions League Américas

Gustavo De Conti – treinador

A vitória construída com tranquilidade e maturidade diante do Pinheiros pelo NBB

“Às vezes, parece tranquila, mas não foi tranquila não. Sempre um jogo difícil, um jogo duro contra o Pinheiros. Eles têm um ataque muito difícil de defender, sabem produzir cestas muito rápido, são caras versáteis e no mínimo espaço eles atacam. Talvez o aproveitamento deles seja o segundo melhor do campeonato. Parece que foi tranquila pelo placar, mas não foi nada tranquila não.”

A preservação de jogadores como o uruguaio Panchi Barrera visando o jogo da semifinal contra o Instituto de Córdoba pela fase semifinal da Champions League Américas

“A gente já está pensando com certeza no Instituto. Estamos jogando esses jogos pelo NBB que também são importantes para a nossa equipe, porém o mais importante é essa semifinal. O Panchi Barrera voltou com uma lesãozinha, um incomodo no pé depois desse jogo da seleção, assim como o Rafael Mineiro que teve uma torção de tornozelo na seleção. Então resolvemos preservar o Panchi contra o Pinheiros. Já contra o São José eles irão estar prontos. Quero utilizar o Panchi e Mineiro nesse jogo e quem jogou mais hoje contra o Pinheiros jogue um pouco menos contra o São José. E todo mundo está pronto.”

A projeção do duelo contra o São José pelo NBB

“Em termo de ataque é bem parecido com o Pinheiros, pois são jogadores que pontuam rápido. O dominicano Morillo, Duda, Figueredo e os outros argentinos também. Eles não têm uma defesa muito forte, mas tem um ataque muito poderoso. A gente vai precisar estudar e treinar bem pra ajustar a nossa defesa para esse confronto.”

O mando de quadra para o jogo da semifinal contra o Instituto de Córdoba

“Para nós é muito importante jogar ao lado da nossa torcida e é uma torcida que empurra sempre.  Te falei no outro jogo lá na Arena contra o Instituto da cena que não vai sair da minha memória.  Pois nesses jogos da FIBA pode ter instrumentos nos jogos que já é um diferencial, a torcida gosta e a gente também gosta.  Lá na Arena Carioca 1, contra o Instituto mesmo, o momento que a gente teve um pouco de dificuldade, a gente errava alguma cesta, a torcida aumentava o grito, não tem como a gente não se entregar ainda mais em quadra e me arrepia só de lembrar disso. E queremos novamente contar com esse apoio todo. A gente não treina no Maracanãzinho todo dia, mas a gente tem a vantagem de ter uma torcida como essa do nosso lado.”

Seja assinante do Garrafão Rubro-Negro , ajude a manter o projeto, concorra a ingressos para os jogos do Flamengo no Rio de Janeiro e uma camisa oficial no final da temporada:

https://www.catarse.me/garrafao_rubro_negro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.