Franco Balbi fala do seu recorde de assistências e projeta os próximos jogos do Flamengo na temporada

O Flamengo teve uma atuação sólida contra o Pinheiros, ontem, no ginásio do Maracanãzinho. E um dos principais destaques foi o armador argentino Franco Balbi. O Garrafão Rubro-Negro conversou com ele sobre os méritos do time rubro-negro na vitória, projeção dos próximos jogos e ele também falou do recorde de assistências no torneio.

Franco Balbi – armador

O recorde de assistências no NBB e o entrosamento maior com os companheiros de equipe

“Eu não faço um treino especifico somente de assistências, eu busco sempre os meus companheiros melhores posicionados em quadra e é uma questão de leitura de jogo mesmo. E eu ter chegado ao número de 17 assistências é graça a eles, pois se a bola deles não caírem eu não faço assistência. Eu só tenho que passar a bola e eles tem a maior pressão para acertar essa bola e me ajudar com mais uma assistência. E o entrosamento fica mais fácil, eu já venho trabalhando com alguns jogadores desde a temporada passada e acho que estamos nos encontrando muito melhor e essa parada nós conseguimos treinar e quem assistiu pode ver que o time já está um pouco diferente, a nossa atitude está diferente e temos que continuar com esse caminho.”

Os méritos do Flamengo na vitória contra o Pinheiros

“A gente conseguiu defender bem no terceiro quarto principalmente e nós sabendo que eles têm um time que pontua muito e jogadores muito bons como o Dawkins, Bennett e Betinho e a gente não poderia dar mole com eles. Nossa defesa foi muito boa no começo do terceiro quarto e abrir uma boa diferença no placar, conseguimos manter isso até o final.”

A projeção do duelo contra o São José e o Instituto de Córdoba

“Serão jogos difíceis e temos que ir jogo por jogo. Não podemos pensar logo na série contra o Instituto e pode ocorrer algo contra o São José e ficaremos lamentando esse resultado lá na frente.  Na quinta estaremos enfrentando o São José que deu uma melhorada do primeiro turno, vai ser um jogo difícil, não será fácil. Depois pensaremos no Instituto e acredito que será uma série muito boa.”

Eloy Vargas fala da sua experiência na seleção dominicana na eliminatória da Copa América e credita que a defesa foi fundamental na vitória contra o Pinheiros

“Foi uma boa experiência com a seleção dominicana, também aproveitei para descansar também um pouco mais, tive a oportunidade de ver a minha família, recarregar minhas energias e defender meu país. Foi muito bom.  E contra o Pinheiros, acredito que sim a defesa foi fundamental no jogo, o Pinheiros é uma equipe muito física e soubemos combater contra eles.”

Eloy Vargas foi o cestinha do Flamengo contra o Pinheiros com 21 pontos marcados. (Marcelo Cortes/Flamengo)

Seja assinante do Garrafão Rubro-Negro , ajude a manter o projeto, concorra a ingressos para os jogos do Flamengo no Rio de Janeiro e uma camisa oficial no final da temporada:

https://www.catarse.me/garrafao_rubro_negro