Na Arena Carioca 1, Flamengo e Instituto de Córdoba irão se enfrentar em jogão pela Champions League Américas

A Arena Carioca 1 nessa noite será duelo de mais um duelo entre Brasil e Argentina pela Champions League Américas nessa temporada. O Flamengo voltará a receber o Instituto de Córdoba por uma competição internacional. E a promessa é de jogão, ainda mais que as duas equipes vivem excelente momento técnico e tático na temporada. O blog Garrafão Rubro-Negro destacou alguns aspectos desse confronto que promete agitar o ginásio nessa noite.

Franco Balbi e Dwayne Davis foram os protagonistas do duelo entre os times na Argentina

Na abertura do grupo C, em Córdoba, na Argentina, os grandes destaques de Flamengo e Instituto de Córdoba foram o armador argentino Franco Balbi e o ala-armador norte-americano Dwayne Davis. Franco Balbi foi fundamental na construção da vitória rubro-negra na Argentina com arremessos de três no final do jogo. Já Dwayne Davis ajudou a manter o Instituto vivo na partida seja com arremessos do perímetro ou no garrafão.

Desempenho nesse jogo:

Dwayne Davis – 24 pontos

Franco Balbi – 21 pontos

Deryk Ramos e Santiago Scala podem surpreender entrando do banco de reservas

A boa eficiência seja nos arremessos de três e nas assistências podem levar tanto Deryk Ramos e Santiago Scala serem peças importantes no jogo dessa noite.  Santiago Scala no primeiro encontro entre as equipes marcou 7 pontos e deu 3 assistências. Deryk Ramos vem mostrando uma evolução na temporada na função de armador e pode contribuir no sistema de jogo ofensivo do Flamengo logo mais.

Duelo de experientes entre Marquinhos e Martin Cuello nesse confronto pela Champions.

Os alas Marquinhos e Martin Cuello são os jogadores mais regulares do Flamengo e Instituto de Córdoba na temporada. E isso pode ser comprovado com os números de ambos até o momento nessa Champions League Américas. Marquinhos tem a média de 11,5 pontos e 4,5 assistências. Já Martin Cuello tem a média de 12,3 pontos e 1,7 assistências.

Gustavo De Conti e Sepo Ginobili – as semelhanças de filosofia de trabalho

A capacidade de revelar jovens valores e saber lidar no dia a dia com jogadores experientes. Essas são as características em comum que tem os técnicos Gustavo De Conti e o argentino Sepo Ginobili. Gustavo De Conti que na época ainda de Paulistano conseguiu ajudar a evolução de jovens como Yago Matheus, Lucas Dias e Georginho de Paula. Hoje no Flamengo faz o mesmo trabalho dando a oportunidade gradual aos jovens Matheusinho, Pedro Nunes e Ruan Miranda.

Na Argentina, Sepo Ginobili fez história no Weber Bahia Basket por algumas temporadas e teve a oportunidade de revelar jogadores como Lucio Redivo, Máximo Fjellerup e Juan Pablo Vaulet. No Instituto fez buscando fortalecer cada vez mais as categorias de base do clube com o objetivo de revelar mais jogadores.

Ambos também já demonstraram saber lidar com jogadores mais experientes no elenco. O bom momento na temporada tanto do Flamengo no NBB e do Instituto na La Liga comprovam isso.

O mapa de arremessos do Instituto de Córdoba no primeiro jogo contra o Flamengo

Champions League Américas – a Libertadores do basquete

Hoje – Flamengo x Instituto de Córdoba, às 21:15, na Arena Carioca 1.

Ingresso – 20 reais com a camisa do Flamengo.

Estacionamento gratuito no local. Bandeiras e instrumentos liberados no ginásio.

Transmissão do DAZN.

Escalação provável do Flamengo

Franco Balbi, Zach Graham, Marquinhos, Olivinha e Rafael Mineiro

Técnico: Gustavo De Conti

*Eloy Vargas ainda está nos Estados Unidos com o filho recém-nascido e desfalca o Flamengo hoje. Panchi Barrera irá se apresentar ao Flamengo depois do natal.

Escalação provável do Instituto

Gaston Whelan, Dwayne Davis, Martin Cuello, Pablo Espinoza e Sam Clancy

Técnico: Sepo Ginobili

Seja assinante do Garrafão Rubro-Negro , ajude a manter o projeto, concorra a ingressos para os jogos do Flamengo no Rio de Janeiro e uma camisa oficial no final da temporada:

https://www.catarse.me/garrafao_rubro_negro