Franco Balbi e Eloy Vargas comentam a vitória rubro-negra contra o Valdivia pela Champions League Américas

O Flamengo cumpriu seu objetivo, ontem, na Arena Carioca 1, e conquistou sua segunda vitória na Champions League Américas, a Libertadores do basquete. Logo após a partida, o blog Garrafão Rubro-Negro conversou com o armador argentino Franco Balbi e o pivô dominicano Eloy Vargas que analisaram o resultado positivo para a equipe rubro-negra na competição.

Franco Balbi – armador

A análise da vitória diante do CD Valdivia, do Chile

“Foi um resultado muito importante. Acho que conseguimos validar o que já tínhamos feito na partida em Córdoba na primeira janela da Champions League. Muito importante termos ganhado essa partida em casa e mantido a invencibilidade. Mas temos a ciência que como time temos muito a melhorar ainda e estamos muito focados nisso. Agora temos que descansar e nos prepararmos para essa viagem pro NBB que teremos partidas bem difíceis.”

A atmosfera diferente do ginásio com a liberação de instrumentos e bandeiras na Champions League Américas e como isso acaba por motivar o time em quadra.

“Lógico que motiva muito. Ter essa nossa torcida em casa, dentro do nosso ginásio. Sabemos que eles fazem um esforço muito grande para chegar aqui no ginásio. É muito importante ter a nossa torcida ao nosso lado. E dou os meus parabéns a todos os torcedores que estiveram presentes nesse jogo”

Eloy Vargas – pivô

A análise da sua atuação contra o CD Valdivia

“Foi uma partida bastante boa e interessante. Inicialmente estava um pouco fora de ritmo, mas consegui evoluir e ajudar meus companheiros com o decorrer do jogo.”

Como descrever a sensação de ter tido a oportunidade de ver um jogo do Flamengo no Maracanã

“São loucos e fanáticos os torcedores do Flamengo no Maracanã. E também no basquete comprovam isso como nessa partida contra o Valdivia e acho tudo isso muito bom.”

Eloy Vargas ficou próximo de um duplo-duplo na vitória rubro-negra contra o CD Valdivia. (FIBA)