Individualidade faz a diferença no último quarto e Flamengo derrota o Pinheiros em São Paulo

Pinheiros e Flamengo fizeram uma partida nessa noite com um fraco aproveitamento ofensivo e que acabou sendo decidida nos minutos finais. O time paulista sofreu com a ausência do armador norte-americano Bennett, mas contou com a boa atuação de Toledo. O Flamengo novamente teve um baixo rendimento nos lances livres, mas a individualidade do trio formado por Franco Balbi, Marquinhos e Zach Graham fez a diferença no final para conquistar a vitória por 75 a 70.

A partida marcou a estreia do pivô dominicano Eloy Vargas no garrafão rubro-negro.

Flamengo faz um bom primeiro quarto com as jogadas do norte-americano Zach Graham

Com um início de partida equilibrada, o Flamengo soube melhorar seu sistema defensivo e ofensivo no decorrer do período para abrir uma vantagem no placar. E essa boa produção ofensiva ocorreu com as jogadas do ala-armador norte-americano Zach Graham. O time chegou a abrir a parcial de 18 a 9, mas o Pinheiros reduziu a diferença para 6 pontos no final – 19 a 13.

Flamengo e Pinheiros fazem período equilibrado e time rubro-negro mantém a liderança

O Pinheiros durante o segundo período contou com o bom aproveitamento nos arremessos de três pontos de Gustavo Scaglia. Marquinhos e Olivinha foram os jogadores mais regulares do Flamengo em quadra e ajudaram a equipe a terminar a frente no marcador no final do primeiro tempo – 38 a 35.

Times erram muito ofensivamente no começo do terceiro período e Pinheiros fica em vantagem no placar

As duas equipes voltaram do intervalo se precipitando demais nos seus ataques, mas a equipe paulista conseguiu ter um equilíbrio maior das suas ações para assumir a liderança com os pontos do armador norte-americano Dawkins. O Flamengo com os pontos de Marquinhos e de Eloy Vargas foi para o último quarto perdendo o jogo por 3 pontos – 54 a 51.

Time rubro-negro volta melhor no último quarto e a individualidade faz a diferença

O Pinheiros não conseguiu repetir o bom começo de período e viu o Flamengo empatar a partida com o arremesso de três de Olivinha. A partir dai as duas equipes acabaram por se alternar na liderança. Mas as jogadas individuais de Franco Babli, Marquinhos e Zach Graham acabaram selando a vitória rubro-negra em São Paulo.

Vale a ressalva que o Flamengo durante o primeiro tempo teve um aproveitamento inferior a 50 % nos lances livres (4/11), melhorou no segundo tempo e no final isso acabou não pesando no resultado final da partida.

Destaques do Flamengo

Zach Graham – 19 pontos

Marquinhos – 18 pontos

Olivinha – 16 pontos e 10 rebotes

Eloy Vargas – 3 pontos, 6 rebotes, 1 assistência e 1 roubada de bola