Os desafios do Flamengo na estreia da Champions League Américas contra o Instituto de Córdoba

O Flamengo inicia amanhã na Argentina sua caminhada na Libertadores do basquete, a Champions League Américas. A nova competição internacional organizada pela FIBA chega com um novo formado de disputa, com jogos de ida e volta, e a promessa de um equilíbrio maior entre as equipes, sem um grande favorito ao título. O time rubro-negro figura como um dos postulantes ao título junto com Franca e San Lorenzo, mas terá que mostrar no decorrer da competição isso em quadra.

Na estreia, o time rubro-negro irá encarar o Instituto de Córdoba, algoz do Flamengo na edição passada da Liga Sul-Americana, e que veio completamente reformulado para essa temporada.

O blog Garrafão Rubro-Negro detalha aspectos gerais do Flamengo e do Instituto para esse jogo inaugural do grupo C da Champions League Américas.

Instituto de Córdoba – Vice-campeão da Liga Argentina na temporada passada

Time argentino manteve o excelente armador Gaston Whelan no seu elenco

A equipe de Córdoba perdeu várias peças importantes para o San Lorenzo nessa temporada, mas conseguiu segurar no seu plantel o excelente armador Gaston Whelan.  O armador tem um basquete clássico e sabe muito bem cadenciar e acelerar o jogo da equipe em quadra dependendo do momento da partida. E certamente será um dos jogadores que irá dar trabalho ao time rubro-negro amanhã em quadra.

Dwayne Davis volta ao time de Córdoba desequilibrando na Copa Super 20

Ala norte-americano Dwayne Davis voltou ao time argentino após uma passagem apagada pela Liga Uruguaia. E logo na primeira competição com o Instituto já demonstrou toda sua capacidade técnica e tática e ajudou a equipe argentina a se classificar para as quartas de final da Copa Super 20 dessa temporada.

Garrafão versátil do Instituto pode ser a maior dor de cabeça ao sistema defensivo do Flamengo

Seja com pivô pesado (Sam Clancy) ou pivô mais leve (Raasean Davis), o Instituto comprovou no decorrer da Copa Super 20 que é uma equipe que sabe utilizar bem o seu garrafão seja no volume de rebotes e nos pontos. E esse panorama será o maior desafio para o Flamengo se sair vitorioso de Córdoba. Caso o time rubro-negro consiga equilibrar os rebotes na partida de amanhã, aumentará suas chances de sair vitorioso da Argentina.

Números individuais do Instituto de Córdoba na Copa Super 20 – Média

Pontos – Raasean Davis (14,0)

Rebotes – Sam Clancy(6,4)

Assistências – Santiago Scala (3,4)

Números do Instituto de Córdoba na Copa Super 20 – Média

Pontos feitos – 85,1

Pontos sofridos – 78,0

Rebotes – 37,4

Assistências – 19,1

Tocos – 2,8

O reencontro de Franco Balbi e Martin Cuello após terem atuado juntos no Ferro Carril

O ala Martin Cuello fazia parte do elenco do Ferro Carril na última temporada do armador Franco Balbi na Liga Argentina. Dois anos depois, os dois agora voltarão a se encontrar, mas dessa vez em lados opostos na Champions League Américas. Cuello que foi um dos jogadores que mais evoluiu na temporada passada da Liga Argentina.

Zach Graham com a oportunidade de mostrar suas virtudes de MVP de uma competição internacional

Ainda abaixo do seu real potencial, o ala-armador norte-americano Zach Graham terá a chance de mostrar todo o seu repertório no Flamengo durante a Champions League Américas. E o retrospecto mostra que o norte-americano gosta de jogos com esse peso para se mostrar decisivo em quadra. Fica a expectativa para a partida de estreia nessa sexta-feira.

Marquinhos se firmando como jogador mais eficiente do Flamengo na temporada

O ala Marquinhos se consolida a cada partida como jogador mais eficiente do time rubro-negro em quadra. Embora a equipe ainda não tenha regularidade defensiva da temporada passada, o ala vem correspondendo as expectativas com a camisa do Flamengo em quadra.

Leonardo Demétrio pode ser a grata e boa surpresa no confronto contra o Instituto

O reforço mais regular do Flamengo nesse começo de temporada, o pivô Leonardo Demétrio mostrou que seja do perímetro ou do garrafão pode ser uma peça importante para contribuir com o sistema de jogo do técnico Gustavo De Conti. Em razão exatamente dessa versatilidade pode ser um jogador que dará trabalho à defesa do time argentino.

Leonardo Demétrio vem evoluindo a cada jogo do Flamengo nessa temporada.(Marcelo Cortes/Flamengo)

Números do Flamengo no NBB dessa temporada – Média

Pontos feitos – 88,0

Pontos sofridos – 85,5

Rebotes – 33,7

Assistências – 20,2

Tocos – 0,7

Champions League Américas – Amanhã

Grupo C

Instituto de Córdoba x Flamengo, às 21:30, no ginásio Angel Sandrin, na Argentina. Transmissão da DAZN Brasil.

Escalação provável do Instituto de Córdoba

Gaston Whelan, Dwayne Davis, Martin Cuello, Raasen Davis e Sam Clancy

Técnico – Sebastian Ginobili (Irmão de Manu Ginobili)

Escalação provável do Flamengo

Franco Balbi, Pedro Nunes (Zach Graham), Marquinhos, Olivinha e Rafael Mineiro

Técnico: Gustavo De Conti

Um comentário sobre “Os desafios do Flamengo na estreia da Champions League Américas contra o Instituto de Córdoba

  1. Esperamos que o Depto. de Basquete do CRF, após a aprovação de mais um patrocínio por parte do CODE do Clube faça as devidas contratações, a fim de que o padrão técnico da equipe se recupere das perdas de Varejão e principalmente de Marcelinho Machado.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.