Gustavo De Conti e Olivinha analisam a vitória contra Brasília no clássico pelo NBB

Colaboração de Philipe Santos, direto do ginásio da ASCEB, no Distrito Federal

Clássico nacional entre Brasília e Flamengo sempre foi marcado por jogos equilibrados e superação em quadra. O jogo realizado na Asceb, ontem, pelo NBB, a história não foi diferente. O blog Garrafão Rubro-Negro escutou o técnico Gustavo De Conti e o ala-pivô Olivinha sobre o resultado positivo pela competição nacional e a expectativa dos jogos em Brasília.

Gustavo De Conti – treinador

A análise sobre o desempenho rubro-negro contra Brasília

“Tem jogo que não vai.  Tem jogo que o outro time é melhor do que a gente. O Brasília foi melhor que a gente, mas conseguimos ganhar o jogo. Isso é importante pra gente. O time jogar mal, o outro time jogar melhor, não que a gente jogou mal por querer jogar mal, Brasília fez com que a gente jogasse mal. E ganhar. E isso é importante para um time que quer brigar lá em cima.”

O aproveitamento de Brasília no primeiro tempo

“O Brasília teve um aproveitamento muito bom, principalmente no primeiro tempo e até no terceiro quarto também. E não tivemos um bom aproveitamento pelo bom trabalho do Brasília. Brasília teve uma defesa muito boa, muito agressiva, fechando bem os espaços e não deixando a gente arremessar livre e isso causou bastante trabalho pra gente.”

Os jogos em Brasília como mandante no NBB

“Aqui é a nossa casa, assim como o Rio de Janeiro. A gente tem muita torcida aqui, a torcida ama o Flamengo, ama o basquete. A gente se sente em casa e eu estou muito feliz por ter esses jogos aqui em Brasília.”

Olivinha – ala-pivô

A análise sobre o desempenho rubro-negro contra Brasília

“Uma partida muito dura. A gente já esperava isso. A gente sabe da qualidade do time do Brasília principalmente jogando aqui. Não foi o nosso melhor jogo, principalmente na defesa. Tivemos bastante falhas, mas a nossa equipe não deixou de acreditar em nenhum momento, lutou até o final do jogo. Saímos daqui com uma importante vitória contra um grande adversário.”

Os jogos em Brasília como mandante no NBB

“Eu sei que Brasília é rubro-negra. A gente quando joga aqui se sente em casa.  Contra Brasília não foi diferente, a nossa torcida compareceu em bom número. Espero que quando tivermos dois jogos aqui na semana que vem, a ASCEB esteja lotada de rubro-negros. Tenho certeza que a nossa torcida irá comparecer e irá nos apoiar.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.