Rafael Mineiro e Marquinhos destacam o desempenho rubro-negro no primeiro jogo da final do Estadual

Uma final de Estadual entre Flamengo e Botafogo era esperado um equilíbrio em boa parte do jogo em razão da qualidade dos elencos das equipes. Mas esse equilíbrio no primeiro jogo da final do Estadual só durou o primeiro período. O blog Garrafão Rubro-Negro conversou com o ala Marquinhos e o pivô Rafael Mineiro sobre o desempenho do time no ginásio do Tijuca Tênis Clube.

Rafael Mineiro – pivô

A atuação do Flamengo no primeiro jogo da final

“Foi uma partida atípica. Eles estavam com o time completo e somente agora estamos com o nosso completo. E melhoramos nosso ritmo de jogo após o torneio que jogamos no Uruguai. Conseguimos fazer um grande jogo, mérito de toda a equipe. Conseguimos manter o ritmo e temos que manter isso para a próxima partida e conquistar o título

A versatilidade técnica dele sendo maior nesse início de temporada

“Com certeza tem o dedo do Gustavo de Conti. Ele sempre me dá um toque para certos momentos eu ser mais veloz e que eu conduza mais rápido a bola. A gente tem treinado bastante isso e fazendo isso funcionar dentro de quadra.”

A expectativa para o segundo jogo da final do Estadual que pode ser o jogo do título

“Eles estarão muito fortes. Estarão atuando dentro da casa deles e tentarão corrigir os erros que tiveram na primeira partida da final. E vamos analisar aonde podemos melhorar para esse jogo e essa partida o ganhador será no detalhe. E esperamos conseguir manter essa mesma defesa que tivemos nesse primeiro jogo.

Marquinhos – ala

O ambiente adverso no segundo jogo da final e o fator motivacional que as vaias da torcida alvinegra geram dentro de quadra.

“Tomara que continuem pegando no meu pé e o Flamengo continue ganhando lá. A gente sabe que contra o Botafogo temos jogos difíceis. A gente tem que ir bem focado para essa partida e fazer um jogo mais equilibrado possível. Nesse primeiro jogo não demos moral para a equipe do Botafogo. A gente nesse primeiro jogo começou estudando a equipe deles e fomos crescendo no decorrer da partida e conseguimos fazer uma grande partida.”

A defesa sendo um dos pontos determinantes na primeira partida da final do Estadual

“Defensivamente a gente cresceu e foi um dos pontos fortes para a gente em quadra. A gente cresceu dentro do jogo e ai começaram a aparecer os destaques individuais como o Leron  Black que teve uma atuação muito boa, metendo bola de tudo que é canto da quadra. Acho que isso será a tendência desse time nessa temporada, temos um time muito leve e isso pode favorecer muito a gente, temos que saber usar tudo isso bem e se soubermos usar teremos bastante vantagem no decorrer de toda a temporada.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.