A importância do processo vitorioso – Técnicos que ajudaram o basquete rubro-negro entre 2004 a 2022

Quando o torcedor rubro-negro olha o retrospecto do orgulho da nação apenas no recorte ente 2009 a 2022, alguns vão acreditar que o time sempre contou com ótimos orçamentos e times muito forte dentro de quadra. Mas a realidade que nem sempre foi assim, e graças ao trabalho coletivo e a competência do treinador naquela oportunidade, a sinergia fez toda a diferença para o basquete do Flamengo colher grandes resultados em quadra.

Em forma de homenagem, o Garrafão Rubro-Negro relembra esses técnicos que ajudaram o orgulho da nação entre 2004 a 2022, isso na categoria adulta.

Emmanuel Bonfim

O Flamengo entrou para a disputa do Campeonato Brasileiro organizado pela CBB com um elenco no papel que não era um dos favoritos ao título, mas com muito trabalho e dedicação dos jogadores com o comando do técnico Emmanuel Bonfim conseguiram dar uma resposta pra lá de positiva dentro de quadra. Na semifinal da competição, conseguiram eliminar a equipe do Universo/Ajax, de Goiânia, que vendeu muito caro a derrota.

Na final, o time tentou o seu máximo, mas acabou sendo derrotado pelo Uberlândia na final daquele brasileiro. Muitos torcedores rubro-negros começaram a acompanhar o basquete a partir dessa época muito em razão de como o time honrou o manto sagrado, dando raça em quadra e mostrou que a coletividade pode superar momentos adversos ou limitações como poderia ter de fato naquele elenco dessa temporada.

Esse elenco que contava com nomes como Charles, Leandro Salgueiro, Duda Machado, Marc Brown, entre outros grandes jogadores.

Paulo Chupeta

Paulo Chupeta é o treinador que viveu vários momentos distintos dentro do basquete do Flamengo. Times que não eram favoritos em quadra e que novamente foram campeões estaduais. A questão de saber lidar e controlar um elenco que em algumas temporadas tinham que lidar com os atrasos de salários, mas mesmo com essa realidade conseguia colocar em quadra tudo em respeito aos torcedores. E também Chupeta teve a oportunidade de comandar grandes nomes do basquete brasileiro no Flamengo como o eterno capitão Marcelinho Machado.

Entre os títulos marcantes de Paulo Chupeta podemos destacar o Estadual conquistado diante do Rio Telemar em 2005. O Flamengo com um elenco repleto de jogadores experientes contra uma equipe que na época tinha um dos maiores orçamentos do país. Trabalho, aplicação tática e um título estadual que com certeza foi histórico.

Outros títulos marcantes do Flamengo com o comando de Paulo Chupeta podemos destacar também o último Campeonato Brasileiro organizado pela CBB com título em cima do Brasília em pleno ginásio da ASCEB, o primeiro NBB e o título da Liga Sul-Americana diante do Quimsa, em Santiago Del Estero.

Chupeta viveu e vive o basquete do Flamengo como poucos na sua história e certamente tem a sua importância marcada seja pelo que fez na categoria adulta e na base.

Gonzalo Garcia

O técnico argentino só passou uma temporada no basquete do Flamengo com a conquista do Estadual, mas teve uma importância simbólica de marcar o inicio de uma trajetória novamente de jogadores argentinos dentro do orgulho da nação. Kammerichs, medalhista de bronze pela Argentina na Olimpiada, foi um dos nomes da equipe nessa temporada comandada por Gonzalo Garcia. E a personalidade e a técnica argentina demonstrada por ele em quadra fez com que o Flamengo olhasse ainda com mais carinho para o país vizinho em busca de novos jogadores argentinos para as temporadas futuras.

José Neto

O técnico que fez um excelente trabalho pelo Joinville chegou ao Flamengo na temporada 2012 e desde a sua apresentação se mostrou muito motivado e determinado para fazer história no clube a curto prazo. E isso já se tornou realidade na primeira temporada com a conquista do NBB depois de anos de jejum do clube. E o time já naquela oportunidade já demonstrava um jogo bem coletivo e moderno de basquete em quadra.

O casamento entre torcedor e basquete se fortaleceu muito na era José Neto no Flamengo. Na sua segunda temporada no clube, sábado de sol no Rio de Janeiro, era sinônimo de ver o orgulho da nação no Tijuca. Grandes jogos, grandes atuações individuais, só quem vivenciou essa época sabe dimensionar o que foi esse período.

A competência de José Neto aliado ao trabalho dos jogadores em quadra fortaleceu ainda mais a rica história de títulos do Flamengo. Foram 4 títulos de NBB, uma Liga das Américas e um titulo Mundial. Sendo esses dois títulos internacionais em 2014, um ano que o torcedor rubro-negro jamais esquecerá ainda mais pela festa que virou a HSBC Arena após a conquista diante do Maccabi Tel-Aviv, de Israel.

Pelo legado das conquistas e sempre pelo respeito que demonstrou com torcedores e imprensa no geral, José Neto até hoje tem o carinho e admiração das pessoas pelo seu trabalho. Nada mais justo que ele ter de fato esse reconhecimento.

Gustavo De Conti

Gustavo De Conti chegou ao Flamengo em 2018 com o peso de ser visto como um dos melhores técnicos do país naquela oportunidade. E na primeira temporada conseguiu um titulo importante que foi colocar o orgulho da nação novamente no lugar mais alto do pódio dentro do NBB.

O treinador sempre buscou desde o seu primeiro jogo trazer um basquete mais moderno e com um jogo voltado com as bolas de três e o jogo de transição forte seja no aspecto ofensivo e defensivo.

Gustavo De Conti no comando do Flamengo até o momento conta com dois títulos do NBB, duas Copas Super 8, uma Champions League Américas e o título Mundial conquistado recentemente no Egito.  Por ser um título Mundial claro que já é histórico e valoriza ainda mais a trajetória do treinador no clube, mas outro ponto muito relevante dessa trajetória dele no clube foi a grande invencibilidade conquistada pelo elenco no primeiro semestre do ano passado. Um time sem derrotas e que ganhou tudo.

Fica a expectativa sobre quais títulos a mais, Gustavo De Conti poderá ganhar no comando do Flamengo.

Em breve, o Garrafão Rubro-Negro continuará a prestar homenagens a outros treinadores que ajudaram em todo o processo vitorioso do basquete do Flamengo.

O Garrafão Rubro-negro precisa da sua assinatura para continuarmos a nossa cobertura do orgulho da nação. Faça sua assinatura a partir de 10 reais por mês. Conteúdos exclusivos e sorteio de camisas oficiais, casuais e par de ingressos durante a temporada.
Apoia-se – apoia.se/garrafaorn
Pic Pay – @GarrafaoRN

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.