“História em quadra” – os pivôs na temporada 2020/2021

Quando olhamos a construção de uma equipe em quadra sempre observamos quem é o pivô no garrafão e a sua eficiência no decorrer de cada partida. O Flamengo que ganhou tudo em quadra pode ser orgulhar de ter tido pivôs que souberam ser regulares e acabaram sendo importantes demais no volume defensivo e ofensivo da equipe. O Garrafão Rubro-Negro destaca a participação de Rafael Mineiro, Rafael Hettsheimeir e Ruan Miranda nessa campanha histórica.

Pivôs

Rafael Mineiro – participou do Estadual, NBB, Copa Super 8 e Champions League Américas

Uma temporada que Rafael Mineiro mostrou uma enorme evolução técnica em quadra. O pivô mostrou que seu arremesso de três pontos poderia ser sim uma arma do Flamengo no decorrer de cada campeonato. Rafael Mineiro também foi se consolidando com um dos grandes defensores da equipe e se firmou como um forte candidato ao premio de melhor defensor da temporada no basquete brasileiro.

Entre as atuações destacadas do jogador podemos falar do jogo contra o Instituto de Córdoba, em Minas Gerais, pela fase de classificação da Champions League Américas.

O pivô foi eleito o melhor defensor do NBB e já tem contrato garantido com o Flamengo para a próxima temporada.

Rafael Hettsheimeir – participou do Estadual, NBB, Copa Super 8 e Champions League Américas

A torcida rubro-negra pode finalmente viver o sonho e contou com Hettsheimeir no elenco da última temporada. O pivô cumpriu todas as expectativas nele depositadas e foi peça importante na construção de vitórias que culminaram no título da Champions League Américas e do NBB. Bem regular seja na área pintada e nos arremessos de três pontos.

Entre as atuações destacadas de Rafael Hettsheimeir podemos destacar seu primeiro jogo contra Bauru pela fase de classificação do NBB. A lei do ex funcionou muito bem e ele destruiu a equipe paulista com grande atuação já no primeiro quarto.

Rafael Hettsheimeir não continua no Flamengo na próxima temporada.

Ruan Miranda – participou do Estadual e NBB

O pivô da base rubro-negra diante de um elenco tão qualificado ainda teve suas oportunidades de buscar evoluir, amadurecer e ganhar experiencia com os outros pivôs das equipes e teve oportunidade de atuar em alguns jogos da equipe seja no Estadual e no NBB.

Ruan segue no Flamengo para a próxima temporada.

Gustavo De Conti e o mérito de reunir um elenco com egos diferentes e formar um grande time

Se o Flamengo fez história em quadra foi pela capacidade de um técnico saber tirar sempre o máximo de seus jogadores dentro dos jogos. Saber controlar o vestiário e fazer com que o ambiente não se torne um caos foi um dos méritos do treinador. E um elenco rodeado por grandes nomes e com egos, personalidades diferentes isso não seria anormal acontecer. O time rubro-negro fez um primeiro semestre no basquete de forma irretocável e isso se deve ao trabalho que foi espetacular do Gustavo De Conti e sua comissão técnica.

Assine o GARRAFÃO RUBRO-NEGRO, a partir de 10 reais no Pic Pay ou no Apoia-se (https://apoia.se/garrafaorn). Receba conteúdos exclusivos sobre o basquete do Flamengo e concorra a uma camisa oficial e casual no final de cada temporada. Esse trabalho jornalístico independente que nasceu em 2011 conta com você, se torne assinante!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.