“História em quadra” – os alas da temporada 2020/2021

Toda equipe competitiva que se preze sempre tem que contar no seu elenco com alas que acabem por contribuir de forma efetiva seja pelo aspecto ofensivo ou pelo aspecto defensivo. O Flamengo contou com a regularidade de um ala no aspecto ofensivo e de outro ala que soube crescer de produção em vários jogos importantes durante da temporada. O Garrafão Rubro-Negro destaca na série “História em quadra” a importância dos alas Jhonatan Luz e Marquinhos na campanha inesquecível do Flamengo, o campeão de tudo.

Jhonatan Luz – participação no Estadual, Copa Super 8, Champions League Américas e NBB

Um dos nomes de confiança do treinador Gustavo de Conti, o ala Jhonatan Luz teve uma temporada sendo atrapalhada em parte pela contaminação da Covid-19, isso acabou afetando seu rendimento técnico e físico logo após se recuperar do coronavírus.

E o ano de 2021 poderíamos afirmar que foi um período de evolução e recuperação de Jhonatan Luz em sua principal caraterística como jogador – a defesa. A também salientar algumas bolas de três que foram importantes como na final da Champions League Américas contra o Real Esteli, como também esse arremesso se mostrou importante na rotação da equipe durante o playoff de todo o NBB que acabou tendo mais uma vez, o Flamengo como campeão.

A permanência de Jhonatan Luz no Flamengo na próxima temporada está indefinida. Existe o rumor forte que o ala teria interesse de Franca para a próxima temporada.

Marquinhos – participação no Estadual, Copa Super 8, Champions League Américas e NBB

Uma temporada que poderíamos afirma que poderia ser dividida em dois momentos para o ala Marquinhos. Uma até dezembro de 2020, na qual pelo impacto da Covid-19, não conseguiu mostrar todo o seu potencial técnico e viu seu estado físico ser prejudicado até a recuperação plena da doença. E a outra temporada de janeiro de 2021 até maio com o término do NBB, o ala mostrou que ainda é um dos melhores jogadores ainda em atividade nas Américas.

O ala não mostrou apenas uma regularidade em pontos em quadra durante o ano de 2021, mas também mostrou humildade e poder de liderança para orientar jovens como Yago Mateus e dar toda a oportunidade dos novos estrangeiros se sentirem à vontade em quadra como o mexicano Luke Martinez. O ala poderia ter tido uma postura de ego muito mais inflado, pensado somente em si, mas o que se viu de fato foi um jogador que soube com o sistema de jogo aplicado, se doar ainda mais em prol do coletivo da equipe.

Marquinhos voltou a ser o sonho de consumo do São Paulo para a próxima temporada. Mas o Flamengo ainda não desistiu de dar continuidade ao contrato de jogador na Gávea. A definição poderá ocorrer nos próximos dias.

Assine o GARRAFÃO RUBRO-NEGRO, a partir de 10 reais no Pic Pay ou no Apoia-se (https://apoia.se/garrafaorn). Receba conteúdos exclusivos sobre o basquete do Flamengo e concorra a uma camisa oficial e casual no final de cada temporada. Esse trabalho jornalístico independente que nasceu em 2011 conta com você, se torne assinante!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.