Na Nicarágua, Flamengo buscará o título inédito da Champions League Américas em breve

A história da segunda edição da Champions League Américas terá seu capitulo final em breve. Em razão de menos medidas restritivas a Covid-19 nesse momento, a FIBA deve oficializar a cidade de Managua, capital da Nicarágua, como sede da fase decisiva do torneio. A cidade de Buenos Aires, na Argentina tinha o favoritismo para ser o local dos jogos finais, mas a restrição na entrada de estrangeiros em razão da variante da Covid-19 foi um fator que acabou jogando um certo balde de água fria nas pretensões do ginásio do Obras Basket receber os jogos.  

Os jogos na Nicarágua seriam disputados no Polidesportivo Alexis Arguello, uma das Arenas mais modernas localizada na América Central.

Só uma grande reviravolta nesse atual momento e com a flexibilização das medidas restritivas levaria o Final 8 da Champions League Américas de volta para a Argentina.

O Flamengo se classificou em primeiro lugar no grupo D com 6 vitórias, sendo uma delas por W.O diante do Instituto de Córdoba. Com esses resultados, o time rubro-negro se junta ao San Lorenzo como uma das únicas equipes invictas na competição dessa atual temporada.

Pelo regulamento, os times primeiros colocados irão enfrentar necessariamente o segundo colocado de outros clubes na fase de quartas de final da Champions League Américas, ou seja, o Flamengo não poderá enfrentar o Minas Tênis Clube na abertura do playoff do torneio internacional.

O Garrafão Rubro-Negro apresenta uma prévia de quem pode ser o adversário do Flamengo nas quartas de final da Champions League Américas e os destaques individuais deles na competição.

Caballos de Cocle, do Panamá – segundo colocado do grupo A

Um time com bons valores com experiência internacional e com a presença de treinador Flor Melendez com grandes resultados dentro das Américas. O time do Panamá lembra muito o estilo de jogo da seleção de Porto Rico dentro do cenário internacional. Um jogo mais físico, que se deixa jogar em alguns momentos e apostando muito no jogo de transição nos dois lados da quadra. Um dos destaques da equipe do Panamá é Josimar Ayarza que já chegou a atuar no Brasil e defendeu a tradicional equipe do Bauru. Ayarza foi o protagonista da vitória do Caballos contra o Titanes, da Colômbia, que levou o time panamenho a fase decisiva da Champions League.

Destaques individuais – média

Pontos – Ernesto Oglivie com 16,0 pontos por jogo

Assistências –  Eugenio Luzcando com 6,5 assistências por jogo

Rebotes –  Ernesto Oglivie com 9,8 rebotes por jogo

São Paulo – segundo colocado do grupo B

O time tricolor na primeira rodada da fase de classificação mostrou o seu poder coletivo e conseguiu vencer o Quimsa, atual campeão da competição internacional, e mostrou que era um time com potencial de fato pra brigar pelo título. A segunda rodada com o elenco muito maltratado pela Covid-19, o time até que lutou, mas não teve êxito e acabou sendo derrotado pelo Quimsa e a Universidad de Concepcion, do Chile. O São Paulo com o elenco completo e bem fisicamente já demonstrou que pode bater de frente com o Flamengo visto o que ocorreu na final da Copa Super 8 em janeiro.

Destaques individuais – média

Pontos – Lucas Mariano com 19,8 pontos por jogo

Assistências – Georginho com 9,0 assistências por jogo

Rebotes –  Georginho com 11,5 rebotes por jogo

Franca – segundo colocado do grupo C

O time do interior paulista teve uma fase classificação dura com a presença de dois times argentinos. Contra o Obras Basket, a juventude do elenco argentino acabou pesando e Franca com a regularidade e o amadurecimento maior de Lucas Dias em competições internacionais nos últimos anos acabou se fazendo prevalecer seu jogo ofensivo dentro de quadra. Contra o San Lorenzo, o time brasileiro sofreu diante de um time que soube ser mais frio taticamente nos momentos decisivos e acabou sofrendo duas derrotas para o time do “papa”. Além de Lucas Dias, vale destacar a boa atuação do norte-americano Rodney Green com a camisa do time francano nessa primeira etapa da Champions League Américas.

Destaques individuais – média

Pontos – Lucas Dias com 19,8 pontos por jogo

Assistências – Elinho com 3,5 assistências por jogo

Rebotes – Guilherme Hubner com 9,2 rebotes por jogo

A Fase Final da Champions League Américas será disputada entre os dias 10 a 13 de abril.

Assine o GARRAFÃO RUBRO-NEGRO, a partir de 10 reais no Pic Pay ou no Apoia-se (https://apoia.se/garrafaorn). Receba conteúdos exclusivos sobre o basquete do Flamengo e concorra a uma camisa oficial e casual no final de cada temporada. Esse trabalho jornalístico independente que nasceu em 2011 conta com você, se torne assinante!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.