Gustavo De Conti reconhece atuação ruim do Flamengo contra o Pato Basquete e projeta o jogo contra Mogi das Cruzes

A primeira atuação do Flamengo no Rio de Janeiro pelo NBB dessa temporada não foi das melhores, mas o time mesmo assim se saiu vitorioso de quadra. O blog Garrafão Rubro-Negro conversou com o treinador Gustavo De Conti que reconheceu a atuação ruim da equipe e o que precisa ser ajustado para o jogo contra o Mogi das Cruzes.

Gustavo De Conti – Treinador

A avaliação sobre o rendimento do time contra o Pato Basquete

“Foi um jogo atípico que ficou na cabeça dos jogadores, na nossa cabeça não deveria, mas fica, um time que ainda não ganhou no campeonato. São vários fatores que pesaram contra a gente e a gente acabou tendo essa atuação horrível. A preparação não foi tão boa como deveria ser, isso falo tanto da minha parte e dos jogadores. O aproveitamento não foi bom, estamos numa quadra nova, sem muita referência. Treinamos somente uma vez aqui, eu prefiro não dar desculpas e sim falar que a gente precisa jogar melhor realmente, precisamos demonstrar mais determinação em todos os jogos, independente do adversário que estamos jogando, pois dessa forma estaremos mostrando também respeito pelo adversário. Realmente a gente precisa jogar melhor.”

A mudança do estilo de jogo de Zach Graham e seu rendimento ainda abaixo do esperado do time

“No nosso time às vezes já temos uma base e os jogadores que chegaram vem para compor. Claro que eu gostaria que o Zach Graham pontuasse da mesma forma que ele pontuava lá em Brasília. Mas temos que olhar o volume de jogo que ele tem aqui no Flamengo e aquele que ele tinha lá. Na temporada passada ele era praticamente o dono da equipe e precisamos sempre fazer uma análise mais profunda quando a gente fala do Graham. A maioria dos times que ele jogou ele era o cara, que pegava mais a bola e tomava todas as decisões. E no passado, o time dele no NBB não chegou a lugar nenhum. Até agora temos uma derrota que vai pesar lá na frente, mas a gente tem ganhado alguns jogos aqui. O Graham foi muito bem na Champions League e no torneio do Uruguai. A gente tem que ver que ele está fazendo uma nova função, ele está sendo muito dedicado na defesa, dedicado nos rebotes e está tentando passar mais a bola. Ele chama mais a atenção pra ele e acaba deixando mais livre o Marquinhos e outros jogadores. Ainda está abaixo do que ele pode render, mas a gente não pode cobrar que ele faça a mesma quantidade de pontos que antes.”

A expectativa do jogo contra Mogi das Cruzes

“Jogo duro muito bem treinado. É um time que está com bastante moral no campeonato. Tem jogadores expertos, malandros no bom sentido, eles têm uma defesa muito boa, bom rebote. A gente precisa jogar muito melhor que jogou contra o Pato e a equipe está consciente que é um jogo importante e decisivo, entraremos muito melhor.”

Um comentário sobre “Gustavo De Conti reconhece atuação ruim do Flamengo contra o Pato Basquete e projeta o jogo contra Mogi das Cruzes

  1. este time esta muito mal , não tem defesa e a displicência e muito grande. Este Jonathan e muito fraco, na marcação só faz falta e no ataque não rende. Os estrangeiros estão fracos e Olivinha e Balbi, também, não estão em boa fase.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.