No caminho do time rubro-negro – as equipes que podem dar trabalho para o Flamengo no NBB

Flamengo, Franca e Minas no papel são os principais candidatos ao título dessa edição do Novo Basquete Brasil. Mas a história da competição comprova que sempre aparecem algumas equipes que acabam chamando a atenção de todos no decorrer do torneio e surpreendendo os principais favoritos. O blog Garrafão Rubro-Negro detalha algumas equipes com potencial de surpreender e que poderão dar trabalho na caminhada do Flamengo na busca do seu sétimo título do NBB.

Botafogo

O elenco alvinegro teve boas contratações para essa temporada e manteve a espinha dorsal da equipe que ficou em quarto lugar na edição passada do NBB passado. E nessa temporada já comprovou que time pode dar trabalho ao Flamengo, conquistou duas vitórias no Campeonato Estadual.

O grande desafio do Botafogo, treinado por Leo Figueiró, será saber lidar com a questão médica e física durante todo o NBB. Caso o time consiga se manter sadio, poderá novamente dar trabalho aos grandes favoritos.

Destaques individuais do Botafogo:

O armador Henrique Coelho vem sendo um dos jogadores mais eficientes e regulares da equipe alvinegra nessa temporada. O mesmo se pode dizer do ala Cauê Borges que vem se confirmando como um dos principais protagonistas da equipe novamente é um nome fundamental no equilíbrio do sistema de jogo da equipe alvinegra. E o pivô Lucas Mariano, peça nova da equipe dessa temporada, vem demonstrando uma evolução constante na equipe e é um nome que dará trabalho no garrafão nesse NBB.

Henrique Coelho vem sendo um dos destaques do Botafogo nessa temporada.(NBB)

Mogi das Cruzes (SP)

A equipe mogiana demonstrou no Campeonato Paulista que tem a capacidade de se reinventar dentro de quadra e mostrou um dos basquetes mais agradáveis de se assistir na competição estadual. Comandado por Guerrinha, Mogi mostrou que pode ser uma equipe versátil em quadra com o potencial de seus jovens jogadores em quadra.

O grande desafio do Mogi durante o NBB será manter a intensidade e regularidade nos jogos contra os principais candidatos ao título. Mas a certeza é que aplicação tática e superação mogiana em quadra não irão faltar.

Destaques individuais de Mogi

O ala-pivô Luis Gruber tem sido um dos nomes mais eficientes de Mogi e vem fazendo uma excelente temporada até o momento. E tendo a experiência de Gruber no elenco, vale destacar os jovens contratados que estão fazendo também uma ótima temporada pela equipe. O armador Alexey Borges e o ala Danilo Fuzaro se encaixaram muito bem na rotação da equipe do treinador Guerrinha.

Danilo Fuzaro voltou muito bem ao basquete brasileiro após uma passagem pela Europa.(Mogi Basquete)

Paulistano(SP)

A equipe da capital paulista que tem uma das suas principais vocações de revelar bons jogadores para o basquete brasileiro tem novamente o potencial para surpreender nessa edição do NBB e apagar do seu torcedor a campanha frustrante da edição passada.

O grande desafio do Paulistano comandado por Régis Marreli será conseguir demonstrar em quadra que pode ser uma equipe ainda mais versátil no seu sistema de jogo e não ser tão dependente do seu volume de jogo nos arremessos de três pontos.

Destaques individuais do Paulistano

O armador Yago Mateus se firma como um dos jovens com mais potencial dentro do basquete brasileiro seja por suas assistências e arremessos de três podem ajudar a equipe paulista na campanha do NBB. O pivô Dikembe Andre terá a chance de afirmação no NBB e mostrar todo o seu potencial que chamou tanto a atenção nas últimas edições da LDB. E o ala-armador dominicano Gelvis Solano tem potencial para brigar para ser um dos melhores estrangeiros desse NBB – ele é um jogador completo tanto defensivamente e ofensivamente.

O dominicano Gelvis Solano pode ser um dos protagonistas da campanha do Paulistano nesse NBB. (Paulistano)

Unifacisa(PB)

Em sua primeira participação no NBB, a Unifacisa, de Campina Grande, chega para a disputa não somente com o objetivo de somente participar, mas de buscar a classificação para alguma competição internacional na próxima temporada. Comandado por Felipe Santana (Filé), um dos grandes talentos da nova geração, o time paraibano deverá vender caro as derrotas quando tiver o mando de quadra na competição nacional.

O grande desafio da Unifacisa no NBB será comprovar que pode ser uma equipe competitiva fora de Campina Grande. Jogadores experientes como Paulo Nery e Douglas Nunes poderão ajudar o time paraibano nesses confrontos.

 Destaques individuais da Unifacisa

O armador norte-americano Nathaniel Barnes é um dos grandes xodós da torcida do time paraibano e suas bolas de três são uma das virtudes desse talentoso armador. Após boas passagens pelo Paulistano e pelo Corinthians, o ala Gemadinha já demonstrou nos primeiros jogos do time nessa temporada que poderá ser um dos protagonistas da equipe. A experiência do armador uruguaio Pepo Vidal poderá ser importante na campanha do Unifacisa no NBB, ele que tem uma ótima leitura de jogo.

Gemadinha tem potencial para ser um dos destaques do NBB dessa temporada.(Daniel Nery/Unifacisa)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.